Carregando...
X
Crie sua conta Bipp
Fale agora com um consultor ou preencha o formulário e entraremos em contato:
Blog
Blog
  • Gestão financeira do agronegócio: como facilitar e melhorar?

    Gestão financeira do agronegócio: como facilitar e melhorar?

    16/02/2022

    A gestão de qualquer atividade rural vai muito além dos manejos diários com a lavoura ou animais. Na atualidade, produtores são também desafiados a conhecer aspectos financeiros da atividade, exigindo por isso uma gestão financeira do agronegócio muito bem alinhada às necessidades.

    Não é novidade para ninguém que o sucesso do agronegócio está diretamente ligado à eficiência da gestão financeira, com essa medida trazendo bons resultados, independente dos imprevistos que sempre surgem pelo caminho do produtor.

    Porém, muitos produtores rurais – seja por falta de hábito, seja por falta de tempo ou por desconhecimento – acabam deixando de lado o controle financeiro. Isso costuma resultar em problemas como: geração de dívidas, receitas que não cobrem custos, falta de capital para investimento, etc.

    Sendo assim, vale conhecer a importância da gestão financeira do agronegócio, como também as estratégias que irão facilitar e melhorar as contas de toda atividade rural.

    Gestão financeira do agronegócio: entendendo sua importância 

    Antes de falarmos especificamente sobre gestão financeira do agronegócio, é importante compreender o que significa gerir financeiramente qualquer negócio. 

    Por definição, a gestão financeira é um conjunto de processos pautados no registro e no gerenciamento de informações ligadas especificamente às finanças do negócio.

    Assim, da mesma forma que o produtor tem olhos para sua lavoura ou para seus animais, é fundamental que ele tenha olhos e esteja sempre atento também às finanças. 

    Com isso, o produtor rural terá mais clareza em relação aos seus custos, entradas e saídas e gastos, permitindo a tomada de decisões, tais como: 

    • Aquisição de novos maquinários, insumos e defensivos;  
    • Compra ou arrendamento de áreas;
    • Aprimoramento da infraestrutura;  
    • Contratação e capacitação de mão de obra.


    Ao utilizar ferramentas da gestão financeira do agronegócio, caso do fluxo de caixa, serão geradas informações relevantes, consistentes e ágeis para tomadas de decisão mais assertivas.

    Em outras palavras, o produtor pode melhor administrar as contas da sua propriedade rural, cortando gastos se necessário, reforçando áreas e otimizando processos, de forma a sempre alcançar melhores resultados.

    Estratégias para melhorar a gestão financeira do agronegócio

    Para que traga melhores resultados, uma boa gestão financeira do agronegócio depende da adoção de algumas estratégias que vão facilitar o conhecimento sobre as contas da atividade, assim como as decisões a serem tomadas.

    1. Tenha um bom planejamento financeiro

    Para melhorar a gestão financeira de uma operação, o ponto de partida deve ser o planejamento financeiro. Assim, cabe ao produtor rural colocar na ponta do lápis todos seus gastos, entradas e saídas. 

    Com esses registros em mãos, será mais fácil fazer planos financeiros para decidir onde e como ter maior lucratividade.

    Dica importante: imagine diferentes cenários dentro da mesma situação, ou seja, crie projeções otimistas, realistas e pessimistas e elabore estratégias conforme cada caso.

    1. Priorize a gestão do fluxo de caixa

    Em qualquer negócio, o fluxo de caixa é caracterizado pela relação das entradas e saídas de recursos financeiros em determinado período. No agronegócio, o fluxo ajuda o gestor a programar os períodos em que terá que captar recursos extras ou que poderá tomar decisões com maior uso de capital. 

    Assim, a gestão do fluxo de caixa garante ao produtor agir com segurança, seja para investir ou para conter gastos, permitindo um melhor equilíbrio financeiro dentro da atividade. 

    1. Use a tecnologia a seu favor

    Como vimos, fazer a gestão financeira do agronegócio é essencial, com ela podendo ser feita em simples planilhas de papel. Mas, diante de muitos dados a serem analisados, esse processo tende a ser muito oneroso e sujeito a falhas.

    Por isso, o ideal é adotar um aplicativo de gestão financeira, que pode ser utilizado em um computador, celular ou tablet para receber todos os dados da atividade, sejam eles produtivos ou econômicos.

    Estes, além de armazenar dados sobre gastos e ganhos, também geram gráficos e comparativos que permitem analisar melhor o orçamento do seu agronegócio e, assim, tomar decisões mais acertadas.

    Neste contexto, a plataforma da Bipp é uma aliada do produtor. Por meio dela, o usuário pode criar sua própria loja virtual, incluir ofertas e anunciar demandas de forma gratuita, como num grande shopping disponível na palma da mão. Vale a pena conhecer!

    Quer saber mais sobre a plataforma Bipp? Então confira nosso shopping e saiba muito mais sobre a plataforma!

Notícias Relacionadas