Carregando...
X
Crie sua conta Bipp
Fale agora com um consultor ou preencha o formulário e entraremos em contato:
Blog
Blog
  • Boas práticas de marketing digital no agronegócio: O que funciona na venda de produtos agro?

    Boas práticas de marketing digital no agronegócio: O que funciona na venda de produtos agro?

    11/03/2022

    Para manter sua representatividade mundial, o agronegócio brasileiro vem passando por uma profunda transformação, principalmente em suas estratégias de comunicação que ocorrem em várias frentes. Na atualidade, tudo indica que chegou o momento de investir em marketing digital no agronegócio.

    Acelerado pela pandemia do Covid-19, os investimentos em ações de marketing digital no agronegócio estão crescendo, mostrando todas as qualidades desse setor que movimenta 2 trilhões de reais/ano, com uma participação de 28% no PIB brasileiro.

    Mas, assim como ocorre com qualquer setor, há ações de marketing digital que funcionam dentro do agronegócio, mas há também ações que falham, não atingindo o público alvo desejado.

    Diante disso, veja porque investir em marketing digital no agronegócio é uma excelente ideia em 2022. Veja também quais são as estratégias de marketing que podem funcionar no próximo ano.

     

    Marketing digital no agronegócio: grande aliado de empresas do agro

    O agronegócio é um dos setores mais representativos da economia brasileira. Porém, diversas empresas do agro ainda perdem oportunidades de negócio por não utilizar o marketing digital, nem as estratégias a ele associadas.

    Segundo recente levantamento realizado dentro do setor, 74% dos produtores usam a internet para se atualizar, mas apenas 1% das empresas investem em marketing digital específico para o agronegócio. Ou seja, há um potencial enorme a ser explorado no setor, com um público estando ávido por obter novas informações.

    Assim, as empresas agrícolas que souberem adotar as práticas de marketing digital de forma estratégica da melhor forma vão conseguir alcançar visibilidade de seu produto/serviço, impactar mais clientes e gerar engajamento, com tudo isso sendo convertido em vendas.

     

    Ferramentas de marketing digital que mais funcionam no agro

    Com o aumento da digitalização, a internet se configura como uma ferramenta que vem sendo adotada na tomada de decisões por muitos produtores na aquisição de produtos e de serviços. 

    Por isso, as empresas do agro devem estar presentes exatamente no mesmo lugar em que os produtores fazem suas pesquisas.

    Assim, dentre as muitas ferramentas de marketing digital no agronegócio, as que mais funcionam são: 

    • SEO (Search Engine Optimization ou Otimização para os Mecanismos de Busca)

    Responsável por melhorar o posicionamento da marca nos buscadores (Google e Bing, por exemplo), o SEO facilita na hora de encontrar algum produto ou serviço relacionado ao seu negócio.

    • Produção de conteúdo 

    Produzir um bom conteúdo é fundamental para “educar o leitor”. Por isso, é preciso saber posicionar o negócio com estratégia, direcionando o conteúdo técnico para um público específico.

    Nesta estratégia, conteúdos ricos também despertam a atenção do cliente potencial, fazendo com que a marca seja vista como referência no setor. A dica é remeter conteúdos que tenham ligação ao ramo de mercado, criando vídeos, post blogs, e-book e infográficos.

    • Mídias sociais

    Estes são os meios de comunicação mais comuns, mas que funcionam muito bem. Qualquer pessoa ou empresa pode publicar conteúdo em mídias sociais (Facebook, Twitter, Instagram, dentre outros).

    Além disso, a ferramenta de stories, no Instagram e facebook, é uma boa opção. Essa ferramenta permite que a agroempresa conte um pouco do seu dia a dia de maneira criativa e envolvente aos consumidores, desenvolvendo neles um sentimento de paixão pela marca ou pela sua história.

    • Eventos e feiras

    Essa não é uma estratégia específica de marketing digital, mas a participação de empresas do agro nestes eventos é fundamental, pois propicia contatos e networking. A dica aqui é conciliar o marketing offline como online.

    • Aplicativos

    No âmbito geral, é cada vez mais comum que as empresas apostem na utilização de aplicativos específicos para os seus clientes. Dentro do setor agrícola este cenário não é diferente.

    Atualmente, já existem aplicativos que fazem previsão do tempo, identificação de pragas e gestão da lavoura e compra/venda de produtos. Tudo por smartphones e tablets. Assim, investir em marketing digital via aplicativos pode ser uma excelente opção.

     

    Dicas para não errar na sua estratégia de marketing digital

    É importante lembrar que em um mercado tão amplo e competitivo como é o agronegócio, ganha quem estiver melhor preparado. Por isso, é preciso inovar e investir em marketing digital no agronegócio de uma forma assertiva.

    Cabe à empresa do agro identificar seu público-alvo e assim compreender as preferências e o comportamento, permitindo estabelecer as estratégias de comunicação. 

    Dentro dessa análise, é preciso mapear o mercado e analisar a concorrência. Isso permite criar frentes de atuação de acordo com as necessidades do setor. 

    Os canais de comunicação da empresa também merecem atenção, promovendo a otimização de sites, redes sociais e outros meios para tornar esse contato com empresas e consumidores mais assertivo.

    Assim, com as melhores estratégias, a agroempresa obterá maior visibilidade da sua marca/produto, aumentando o engajamento e consequentemente as vendas.
     

    Aproveite a importância do marketing digital e conheça os outros textos presentes no blog da Plataforma BIPP.

Notícias Relacionadas